quarta-feira, 13 de abril de 2011

Biersommelier-Weltmeisterschaft

Aconteceu este fim de semana o campeonato mundial de sommeliers de cervejas, na Áustria, com a presença da nossa super preparada delegação de 5 sommeliers brasileiros, a maior até hoje neste evento:

Alexandre Bazzo, Cilene Saorin, Herbert Schumacher, Marcelo Moss e Washington Trigueiro.

Segundo soube no twitter, acompanhando na torcida pelos colegas, foram 8 horas de provas no primeiro dia, de onde tiraram 6 finalistas para o segundo dia.

As provas foram:

1. Reconhecimento de off-flavors.
2. Prova teórica com 50 questões.
3. Reconhecimento cego de estilos.
4. Reconhecimento do estilo de uma amostra, sua descrição e harmonização.
5. A partir de um cardápio montar a carta de cerveja para harmonizar e justificar.




O vencedor é esse alemão no meio da foto com a taça do campeonato cheia de cerveja. Ele é da 10ª geração de uma família alemã de mestres cervejeiros, donos da cervejaria Riegele de Augsburg, e em 2010 tinha ficado em segundo lugar.

Ao lado dele, de barba, é o Wolfgang Stempfl, mentor do curso do Senac de sommelier de cervejas que eu fiz no ano passado, em parcerria com a Doemens Akademie, a mais antiga escola cervejeira do mundo e pioneira na formação de sommeliers de cervejas.

A presença da delegação brasileira foi um orgulho para o Brasil, que está despontando também no cenário internacional de sommeliers de cervejas, sendo o primeiro país a sediar o curso da Doemens fora da Europa.

3 comentários:

  1. E como foi o desempenho dos brasileiros?

    ResponderExcluir
  2. Os sommeliers de cervejas brasileiros forma muito bem e estão de parabéns, pela determinação com que foram para este evento, pelo treinamento que enfrentaram no Brasil e pela participação destacada no campeonato. Mas como eles não ficaram entre os 6 finalistas, não dá para saber como foi a classificação de cada um.

    ResponderExcluir
  3. oi Padilha, obrigado pela visita no http://cervejeiromaia.blogspot.com Eu acompanho seu blog tem um tempinho, sem comentar é verdade, e confesso que ele me inspirou a fazer um também. Já me cadastrei lá no blogs cervejeiros do Brasil.

    grande abraço

    ResponderExcluir