terça-feira, 5 de julho de 2016

Arraiá cervejeiro anima o Beer Underground até sábado

Para começar bem o mês de julho, a loja Beer Underground promove uma festa típica especial para os cervejeiros de plantão. O Arraiá cervejeiro acontece até o dia 9 de julho, sábado, e conta com promoção de cervejas e comidinhas deliciosas, em versão pequena, preparadas com as bebidas.

Comidas típicas:

Pipoca Caramelizada com cerveja Bock - R$ 5,99
Cocada de Chocolate Stout - R$ 6,99
Cocada de Belgian Blond Ale - R$ 6,99
Doce de amendoim com Brown Ale - R$ 5,99
Bolo de Fubá com Amber Coffe - R$ 7,99
Bolo de especiarias com Belgian Dark Ale - R$ 7,99
Bolo de Cenouro com Tripel - R$ 7,99
Pão de Malte recheado com Carne seca e abóbora - R$ 7,99
Pão de Malte recheado com creme de milho - R$ 6,99
Pão de Malte recheado com Salsichão - R$ 6,99
Pão de Malte recheado com azeitonas e mussarela - R$ 6,99

Arraiá do Beer Underground

Avenida Rio Branco, nº 156 - Subsolo Ed. Avenida Central, loja 101 - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Avenida Henrique Valadares, nº 17 - Lapa - Rio de Janeiro/RJ

Até 9 de julho!

Seg a sex, de 9h às 19h
Sab, de 9h às 13h

(21) 2533-3861
WhatsApp: (21) 97113-2572

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Cervejeiros de 20 estados e da América Latina participam dos cursos de férias na ESCM

Procura por aulas concentradas na Escola Superior de Cerveja e Malte neste período aumentou quase 80% em comparação com o ano passado

O interesse em ampliar o conhecimento sobre o mercado cervejeiro incentiva muitas pessoas a reservar o período de férias para aprender mais sobre o setor. Estudantes de 20 estados do Brasil e da América Latina vão participar dos Cursos Concentrados de Férias, oferecidos pela Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM) entre os dias 11 e 30 de julho, em Blumenau (SC).

Segundo levantamento realizado pela instituição, a procura pelas aulas neste período aumentou 78% em comparação com 2015. “O mercado cervejeiro segue em expansão, seja entre aqueles que visam ações comerciais ou os que produzem por hobby”, explica Thiago Henrique Kuhn, gerente comercial da ESCM.

No total, serão oferecidos seis cursos, dois com certificação internacional, o de Tecnologia Cervejeira Avançada, do instituto alemão VLB Berlin, e o curso de Sommelier de Cervejas com certificação da secular escola alemã Doemens Akademie. Ainda serão realizadas aulas concentradas de Cervejeiro Artesanal (Home Brewer), Harmonização com Cervejas, Como Montar a Sua Cervejaria e um mais técnico, que é sobre a Microbiologia da Cerveja.

Os cursos concentrados são realizados em meses que muitos interessados estão de férias para atender a demanda de quem não pode frequentar as aulas no período letivo integral. As inscrições podem ser feitas através do site da Escola Superior de Cerveja e Malte.

Programação Cursos Concentrados de Julho (2016)

- Harmonização com Cerveja - 11 a 15 de julho 
- Tecnologia Cervejeira Avançada (VLB Berlin) - 11 a 15 de julho
- Microbiologia da Cerveja (da Levedura ao Controle de Qualidade) - 11 a 15 de julho
- Sommelier de Cervejas (Doemens Akademie) - 18 a 30 de julho
- Cervejeiro Artesanal (Home Brewer) -  de 18 a 30 de julho
- Como Montar sua Cervejaria - 18 a 29 de julho

Escola Superior de Cerveja

Rua Elsbeth Feddersen, 72 - Salto Norte, Blumenau/SC

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Dádiva utiliza cold brew e café de cultivo orgânico para produzir Stout

Os eventos de lançamento acontecem a partir de segunda-feira, dia 27/06, no Empório Alto dos Pinheiros (São Paulo), dia 28/06, o rótulo será lançado no The Beer Market (Jundiaí), 29/6 no Let´s Beer (São Paulo) e 30/06 na Cervejoteca (Campinas), sempre às 19h.

A Cervejaria Dádiva inova mais uma vez e lança sua primeira Stout feita com café produzido a partir de grãos de cultivo orgânico e extraídos pelo processo cold brew. O rótulo, além de surpreender pela cor dourada, mais clara que o convencional ao estilo, apresenta complexidade de aroma e sabor, com notas marcantes da tosta e toques de baunilha e cacau.

A Dádiva Golden Stout utilizou cold brew (processo de extração a frio do café que resulta em bebida com menor acidez e mais corpo) proveniente de um blend especial de Icatu Amarelo e Obatã Vermelho cultivado pela FAF - Fazenda Ambiental Fortaleza, de Mococa, interior do Estado de São Paulo. Luiza Lugli Tolosa, sócia-fundadora da Cervejaria Dádiva comenta que a escolha do grão foi um fator diferenciado na construção do rótulo.

“Há tempos tínhamos vontade de produzir uma cerveja com café, e também já conhecíamos o trabalho minucioso e artesanal da FAF, porém a ideia do lançamento com café no estilo Stout veio da Aline Smaniotto Tiene, Gerente Comercial da Cervejaria Dádiva. Decidimos então, aliar o conhecimento do nosso mestre-cervejeiro Victor P. Marinho à expertise do Felipe Croce, sócio-fundador do Isso é Café, e deu nisso, um produto final excepcional, de corpo presente, amargor mediano de 37 IBU's e 6,7% de teor alcoólico”, comenta Luiza.

Fica a dica: a Dádiva Golden Stout harmoniza bem com fondue de queijo e carnes fortes, ótimas pedidas do Inverno.

O produto é um rótulo sazonal da Cervejaria Dádiva, com produção inicial de 1.800 litros. Os eventos de lançamento acontecem a partir de segunda-feira, dia 27/06, no Empório Alto dos Pinheiros (São Paulo), onde haverá em primeira mão um barril com o café extraído a frio da marca Gold Brew Nitro, do Isso é Café, servido com infusão de nitrogênio. Além deste lançamento, no dia 28/06, o rótulo será lançado no The Beer Market (Jundiaí), 29/6 no Let´s Beer (São Paulo) e 30/06 na Cervejoteca (Campinas), sempre às 19h. O rótulo tem preço sugerido de R$ 24,00 (garrafa de 300ml).

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Dádiva e Cathedral celebram parceria com lata colaborativa

A Cervejaria Dádiva, de Várzea Paulista, e a Cervejaria Cathedral, de Maringá, estão lançando um rótulo colaborativo em comemoração de um ano de parceria

Um lote especial de Golden Rye Ale foi produzido em latas de 350 ml, e chega ao mercado na próxima semana. Além da parceria, as cervejarias comemoram também grandes estreias: essa é a primeira vez que a Dádiva participa de um rótulo colaborativo e que a Cathedral produz uma cerveja em lata.

A Golden Rye Ale, produzida entre a Dádiva e a Cathedral, é uma cerveja de centeio single hop com lúpulo “El Dourado”, adicionado tanto na fervura quanto no dry hopping. Considerando também que o lúpulo “El Dourado” tem temperamento tropical por natureza, o rótulo transparece o lúpulo dourado com singularidade de sabor e aroma, apresentando características marcantes que antecedem ao centeio.

Com notas picantes e aromas frutados, onde o melão ganha percepção em destaque, essa cerveja colaborativa, Golden Rye Ale, é leve e bastante aromática, de corpo médio, baixo amargor e 4,8% de teor alcoólico.

Para os parceiros Dádiva e Cathedral, a idealização do rótulo sela um trabalho de sucesso, confiança e amizade entre as cervejarias. E todo esse envolvimento das cervejarias no projeto é traduzido no rótulo do produto, com design notável do artista gráfico Ciro Bicudo, onde as libélulas da Cervejaria Dádiva se misturam aos vitrais da Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória, marco da cidade de Maringá e ícone da Cervejaria Cathedral.

O produto chega ao mercado com preço sugerido de R$ 24,00.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Diretor da Escola Superior de Cerveja e Malte será palestrante no maior evento oriental de cerveja


As características e técnicas do mercado cervejeiro do Brasil ultrapassaram os continentes e chegarão até a China. O diretor da Escola Superior de Cerveja e Malte, Carlo Enrico Bressiani, será palestrante no maior evento oriental de cerveja, o China Craft Beer, que será realizado no Shanghai Estrela Pullman Hotel, na quinta-feira (26/5) e na sexta-feira (27/5). O professor, especialista em Gestão de Negócios Industriais e doutor em Finanças, irá ministrar palestra sobre o panorama geral do mercado de cerveja brasileiro e latino-americano. Bressiani deve ser o único representante do Brasil no evento. “Este convite é uma honra e uma grande responsabilidade de levar os conhecimentos da nossa região e do nosso país para o outro lado do mundo”, afirma.

A conferência irá reunir ainda profissionais e palestrantes de renome internacional como o fundador da cervejaria Brooklyn, Steve Hindy, e um dos maiores nomes do setor na Europa, Willem Van Herreweghen, entre outros representantes dos Estados Unidos, Bélgica e Alemanha, atuais referências no segmento. O principal objetivo do evento é promover um intercâmbio de informações entre grandes produtores, empresários e comerciantes de todo o mundo. “O China Craft Beer promete ser uma grande oportunidade para ampliarmos o nosso conhecimento e aprimorarmos ainda mais as técnicas aplicadas aqui no Brasil”, acrescenta o professor.

Para 2017, o diretor da Escola Superior de Cerveja e Malte objetiva participar da Brau Beviale em Nuremberg, feira dos mesmos organizadores do evento da China, considerado o maior do mundo no segmento cervejas. O profissional busca constante atualização internacional para mesclar com as técnicas aplicadas no Brasil e expandir ainda mais as informações sobre o setor. Entre os meses de abril e maio, o professor realizou visitas a Siebel Institute of Technology em Chicado e a UC Davis, na Califórnia, e marcou presença no Craft Beer Conference, realizado na Filadélfia.

Escola Superior de Cerveja
Rua Elsbeth Feddersen, 72, Salto Norte, Blumenau.


segunda-feira, 23 de maio de 2016

Kit Pale Ale 100% Orgânico: novidade da Lamas Brew Shop

A loja que é referência em produção de cerveja caseira no país traz insumos que aliam qualidade, saúde e consciência socioambiental!

A Lamas Brew Shop, empresa responsável pelo fornecimento de soluções para cervejeiros caseiros, trouxe para seu portfólio o Kit Pale Ale 100% orgânico. Hoje, a preocupação com a qualidade dos produtos e possíveis mutações genéticas é muito grande e,​ pesando nisso,​ o novo Kit alia qualidade e saúde.

Entre os produtos está o Malte Pilsen The Swaen Orgânico,maltaria Holandesa famosa pela qualidade. Escolha certa para malte base é forte e com sabor adocicado, possui poder enzimático suficiente para conversões rápidas. Destaca o sabor de maltes especiais e produz excelentes Pilsners e Lager, além de servir de base para todos os outros estilos de cerveja.

O lúpulo Cascade Orgânico também compõe o kit. É produzido sem uso de defensivos agrícolas e apenas com adubação natural e controle de pragas natural. O lúpulo americano mais conhecido é a primeira escolha para uso em American Pale Ale e IPA.

Fechando o time, que se destaca por seu conteúdo saudável, leveduras não modificadas genéticamente (Free GMO – todas as leveduras comercializadas pela Lamas não são modificadas geneticamente) e o açúcar demerara orgânico para o priming.

O kit pode ser encontrado em qualquer loja física da ​Lamas Brew Shop ou ​n​a loja virtual - http://loja.lamasbrewshop.com.br/

Saiba mais sobre a Lamas Brew Shop Formada por apaixonados cervejeiros que conheciam a carência no mercado, a Lamas Brew Shop lançou no Brasil uma proposta inovadora, oferecendo todas as soluções em insumos – como maltes a granel e moídos na hora - de diversas marcas, lúpulos do mundo todo - e todos com indicação de safra, variados tipos de fermentos – inclusive os cobiçados líquidos da White Labs, além de uma variedade de equipamentos, livros, material para limpeza e sanitização, kits, vale presentes e gadgets cervejeiros para produtores caseiros, desde o iniciante ao experiente, garantindo qualidade na criação independente. Todos os produtos podem ser encontrados tanto nas lojas físicas da marca quanto nas virtual. Além disso, a Lamas também oferece cursos e workshops de como fazer cerveja, produzir rótulos, manipular levedura, entre outros.

Site: www.lamasbrewshop.com.br
Fanpage: https://www.facebook.com/lamasbrewshop?fref=ts
Twitter: https://twitter.com/lamasbier

domingo, 22 de maio de 2016

1º Festival Paranaense de Cervejas Artesanais, de 9 a 12 de junho, em Curitiba

Promovido pela PROCERVA, o evento vai reunir grandes nomes do mercado cervejeiro nacional e internacional na capital paranaense, no próximo mês de junho

As cervejas artesanais vêm conquistando cada vez mais espaço no mercado brasileiro e internacional. Nos últimos anos, uma grande variedade de rótulos e estilos tomaram conta do país, e estão cada vez mais presentes nos cardápios de bares, restaurantes e casas de cervejas especiais. Na cidade de Curitiba esse cenário não é diferente. Hoje, a capital paranaense se transformou em um grande polo cervejeiro, abrigando algumas das principais cervejarias do Brasil.

Para comemorar todo esse sucesso, a Associação das Microcervejarias do Paraná (PROCERVA) vai promover o primeiro Festival Paranaense de Cervejas Artesanais, entre os dias 09 e 12 de junho, na cidade de Curitiba. “A multiplicação das microcervejarias na cidade e a reconhecida qualidade das cervejas aqui produzidas colocaram a capital paranaense na rota dos profissionais e apreciadores da bebida. Com o Festival Paranaense, queremos difundir os conceitos da cerveja artesanal e, também, destacar nossa produção”, explica Luciano Wengrzinski, presidente da PROCERVA.

Durante os quatro dias de evento, serão realizadas diversas atividades especiais, entre elas exposições de insumos, produtores e soluções; degustação e harmonização com cervejas raras; e palestras e mesas redondas com grandes nomes do mercado, que irão tratar de diversos assuntos referentes ao segmento, como tendências e cases de sucesso. O festival contará ainda com ações turísticas, com uma edição especial do Beertrain by Bodebrown, visitas a cervejarias, jantares com chefs locais e visitas a bares e lojas.

Outro grande destaque do Festival Paranaense de Cervejas Artesanais ficará por conta da realização da 6ª edição do South Beer Cup, principal concurso de cervejas artesanais da América do Sul, que acontece pela primeira vez na capital paranaense após passar por cidades brasileiras e argentinas. O concurso anual contará com 35 juízes de diversas partes do mundo, que serão responsáveis por julgar 120 cervejarias e mais de 800 rótulos de acordo com normas da Brewers Association. Em sua última edição, realizada em Mar del Plata, na Argentina, o South Beer Cup contou com cervejas de oito países (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai). As principais bebidas do concurso serão premiadas com medalhas de ouro, prata e bronze em uma grande festa de premiação que será realizada no Museu Oscar Niemayer, no dia 11 de junho.

“O Festival Paranaense de Cervejas Artesanais será um marco histórico para o mercado cervejeiro paranaense e, também, para o mercado nacional. Será um momento único para interagir com grandes profissionais da área, descobrir as tendências em produção, analisar métodos de gestão no mercado cervejeiro e, logicamente, saborear cervejas excelentes”, completa Luciano.

Mercado nacional

Atualmente o Brasil é o 3º maior produtor de cervejas do mundo em volume de litros. Há cerca de 300 microcervejarias e mais de 1500 rótulos de cervejas artesanais no país. O Mercado de cervejas artesanais cresce 15% ao ano e o consumo deste produto no Brasil aumentou 36% de 2011 a 2014. E, de acordo com prognósticos da Mintel, o setor cervejeiro em geral deverá expandir 54% até 2019.

A programação completa do Festival Paranaense de Cervejas Artesanais será realizada no Museu Oscar Niemeyer (MON), das 12h às 20h. O South Beer Cup vai acontecer no Hotel Confiance Centro Cívico, nos dias 09 e 10 de junho, das 09 às 18h. As inscrições podem ser no site www.procerva.com.br/festival2016. Mais informações pelo e-mail eventos@procerva.com.br.