terça-feira, 25 de setembro de 2012

Beer Experience 2012

Acontece no primeiro fim de semana de outubro, dias 5 e 6/10, o Beer Experience 2012, em São Paulo. Vale a pena conferir. Muita cerveja boa, gastronomia de qualidade e gente apaixonada por cerveja. Ano passado, fiz questão de ir à Sampa participar da festa que reuniu um público muito diversificado, diferente outros festivais de cerveja que junta só a galera cervejeira. Se for apenas uma reedição do ano passado, já vai ser sensacional. Mas os organizadores, para nossa alegria, prometem que vai ser muito mais legal. Nos vemos lá!

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Esgotaram os ingressos do 1º lote do Festival Carioca!

O Festival Carioca da Cerveja Artesanal, promovido pela ACervA Carioca, mal foi para a rua e os ingressos do primeiro lote já se esgotaram. Será na Lapa, nos dias 27 e 28 de outubro, na sede do bloco Cordão do Bola Preta, um dos mais tradicionais do Rio. O ingresso dará livre acesso a todas as torneiras de chope do evento, artesanais e de micro cervejarias, palestras e atrações musicais. Quem gosta de cerveja de qualidade e não quer perder a oportunidade única de conhecer receitas caseiras, que não estão disponíveis para venda, deve se antecipar para não ficar de fora deste Festival. Basta acessar a página da ACervA Carioca no facebook e comprar diretamente no likestore. Para garantir ingressos sem o facebook, envie e-mail para festival2012@acervacarioca.com.br e faça sua reserva.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

O mercado das cervejas especiais se profissionaliza

O mercado de cervejas especiais está constantemente dando sinais de que está amadurecendo, se consolidando e se estruturando de forma mais profissional. A notícia desta semana, para a surpresa de muita gente, foi a centralização das importações das cervejas do portfólio da Duvel Moortgat pela Interfood. A importância deste anúncio, feito em evento fechado para profissionais que trabalham com estas cervejas, com a presença do Export Manager da cervejaria, Bram Vaerewyck, tem duas explicações. Primeiro, ela sai das mãos do belga radicado no Brasil Xavier Depuydt, que detinha a exclusividade de importação para o Brasil há mais de uma década. Segundo, porque quem está agora controlando esta operação é uma empresa de importação e exportação de alimentos e bebidas fundada em 1985 e que até este ano trabalhava somente com vinho. A expansão da Interfood para o mercado de cervejas, que começou recentemente com as marcas Wells & Young's, Bitburger, Benediktiner e Mahou, reflete a consolidação das cervejas especiais no Brasil. Não apenas como uma promessa ou aposta de alguns poucos visionários apaixonados, mas como tendência que veio para ficar no segmento de bebidas. Aqui no Rio, quem vai cuidar da distribuição é a Premium Brands, que também investe pesado na profissionalização e no crescimento do mercado carioca de cervejas especiais. Proponho um brinde - com Duvel, obviamente - à união entre Interfood, Duvel e Premium Brands. Como se diz em holandês: Eendracht maakt macht!

domingo, 2 de setembro de 2012

Honey Ale e Honey Porter: faça as cervejas do Obama



Desde que Barak Obama serviu uma cerveja caseira produzida na Casa Branca para seus convidados durante a final do Super Bowl no ano passado e dias mais tarde para um ex-combatente que queria tomar uma cerveja com o presidente, o assunto explodiu entre os cervejeiros caseiros dos EUA.
Foi tanta agitação que os cervejeiros caseiros americanos se mobilizaram e fizeram uma petição formal, através de uma canal online da Casa Branca, solicitando que a receita fosse divulgada.
Isso aconteceu ontem, com a publicação de um video oficial da casa Branca, onde mostram o passo a passo da produção das duas cervejas feitas por lá: Honey Ale e Honey Porter.
Ambas foram inspiradas em conversas do presidente com cervejeiros caseiros de todo o país e foram produzidas com mel de uma colmeia dos jardins da Casa Branca por Sam Kass, chef assistente da equipe do presidente e consultor da política de Alimentação Saudável que Obama está implementando. 




Vale a pena conferir o video e tentar reproduzir as receitas:


WHITE HOUSE HONEY PORTER


Ingredients


  • 2 (3.3 lb) cans light unhopped malt extract
  • 3/4 lb Munich Malt (cracked)
  • 1 lb crystal 20 malt (cracked)
  • 6 oz black malt (cracked)
  • 3 oz chocolate malt (cracked)
  • 1 lb White House Honey
  • 10 HBUs bittering hops
  • 1/2 oz Hallertaur Aroma hops
  • 1 pkg Nottingham dry yeast
  • 3/4 cup corn sugar for bottling


Directions


  1. In a 6 qt pot, add grains to 2.25 qts of 168˚ water. Mix well to bring temp down to 155˚. Steep on stovetop at 155˚ for 45 minutes. Meanwhile, bring 2 gallons of water to 165˚ in a 12 qt pot. Place strainer over, then pour and spoon all the grains and liquid in. Rinse with 2 gallons of 165˚ water. Let liquid drain through. Discard the grains and bring the liquid to a boil. Set aside.
  2. Add the 2 cans of malt extract and honey into the pot. Stir well.
  3. Boil for an hour. Add half of the bittering hops at the 15 minute mark, the other half at 30 minute mark, then the aroma hops at the 60 minute mark.
  4. Set aside and let stand for 15 minutes.
  5. Place 2 gallons of chilled water into the primary fermenter and add the hot wort into it. Top with more water to total 5 gallons if necessary. Place into an ice bath to cool down to 70-80˚.
  6. Activate dry yeast in 1 cup of sterilized water at 75-90˚ for fifteen minutes. Pitch yeast into the fermenter. Fill airlock halfway with water. Ferment at room temp (64-68˚) for 3-4 days.
  7. Siphon over to a secondary glass fermenter for another 4-7 days.
  8. To bottle, make a priming syrup on the stove with 1 cup sterile water and 3/4 cup priming sugar, bring to a boil for five minutes. Pour the mixture into an empty bottling bucket. Siphon the beer from the fermenter over it. Distribute priming sugar evenly. Siphon into bottles and cap. Let sit for 1-2 weeks at 75˚.


WHITE HOUSE HONEY ALE


Ingredients


  • 2 (3.3 lb) cans light malt extract
  • 1 lb light dried malt extract
  • 12 oz crushed amber crystal malt
  • 8 oz Bisquit Malt
  • 1 lb White House Honey
  • 1 1/2 oz Kent Goldings Hop Pellets
  • 1 1/2 oz Fuggles Hop pellets
  • 2 tsp gypsum
  • 1 pkg Windsor dry ale yeast
  • 3/4 cup corn sugar for priming


Directions


  1. In an 12 qt pot, steep the grains in a hop bag in 1 1/2 gallons of sterile water at 155 degrees for half an hour. Remove the grains.
  2. Add the 2 cans of the malt extract and the dried extract and bring to a boil.
  3. For the first flavoring, add the 1 1/2 oz Kent Goldings and 2 tsp of gypsum. Boil for 45 minutes.
  4. For the second flavoring, add the 1/2 oz Fuggles hop pellets at the last minute of the boil.
  5. Add the honey and boil for 5 more minutes.
  6. Add 2 gallons chilled sterile water into the primary fermenter and add the hot wort into it. Top with more water to total 5 gallons. There is no need to strain.
  7. Pitch yeast when wort temperature is between 70-80˚. Fill airlock halfway with water.
  8. Ferment at 68-72˚ for about seven days.
  9. Rack to a secondary fermenter after five days and ferment for 14 more days.
  10. To bottle, dissolve the corn sugar into 2 pints of boiling water for 15 minutes. Pour the mixture into an empty bottling bucket. Siphon the beer from the fermenter over it. Distribute priming sugar evenly. Siphon into bottles and cap. Let sit for 2 to 3 weeks at 75˚.