quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Degustação/Harmonização no Empório Camboinhas

Neste sábado tem evento de cerveja imperdível em Niterói! É a primeira Degustação e Harmonização do Empório Camboinhas, em Piratininga. Só com cervejas e comidas de primeira. Dá uma olhada no menu: Golden com bolinho de bacalhau, Icaraí Red com carpaccio, Way APA com salmão, Weizenbock com gorgonzola e Demoiselle com torta alemã. Difícil de resistir! Aguardo todos lá.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Cerveja pelos ouvidos!


No ar o Na Porteira Cast 11, que convidou a mim e ao Bernardo Couto, do Homini Lúpulo, para falar sobre cervejas especiais. Experiência bacana gravar este pod cast via Skype , cada um em sua casa. Vale a pena ouvir. Recomendo começar em 13:15 - após o quadro de e-mails do programa. Ouça e divirta-se!

domingo, 5 de agosto de 2012

The Craft Beer Ranaissence: na garrafa e na telinha

Estou tomando pela primeira vez as famosas Anchor. Semana passada foi a Steam Beer, estilo que só existe nos EUA (que usa fermento de lager, mas é fermentada em temperaturas de ale), ontem foi a Brekle's Brown Ale, receita do antigo mestre cervejeiro da Anchor, e hoje a Porter, enquanto escrevo este post. As cervejas da Anchor Brewing, recém chegadas ao Brasil, são históricas, mas pouca gente sabe disso e muito menos conhece o porque. Apesar de ter sido fundada em 1896, a Anchor, de São Francisco, Califórina, assumiu seu papel de protagonista no renascimento da cerveja artesanal, em 1965, quando o Sr. Fritz Maytag comprou a fábrica para evitar seu fechamento por falência. A primeira vez que tive contato com essa história, que sempre faço questão de contar nas palestras sobre cervejas americanas, foi assistindo ao programa do Michael Jackson, The Beer Hunter, que o canal Discovery produziu na década de 1980. Abaixo, você pode assistir ao episódio sobre o movimento cervejeiro na Califórina de 20 anos atrás que, diga-se de passagem, lembra muito o que rola atualmente na cena cervejeira tupiniquim. Abra uma Anchor, volte ao passado e beba um pouco na fonte destes dois grandes mestres: Mr. Fritz Maytag e Sir Michael Jackson.

sábado, 4 de agosto de 2012

O Brasil chega ao Rio

Estão desembarcando no Rio de Janeiro as exóticas Amazon Beer, feitas em Belém do Pará por um cervejeiro apaixonado, Arlindo Guimarães. Cervejas com ótima drinkability, equilibradas, muito agradáveis e  que utilizam ingredientes regionais desconhecidos dos cariocas, como bacuri e taperebá. A Amazon abriu nas Estações das Docas em 2000 com o propósito de fazer cervejas artesanais de qualidade, que não utilizassem cereais não maltados e privilegiassem os sabores locais. A receita deu certo e as cervejas viraram um sucesso na região. Para a nossa alegria, as Amazon Beer estão entrando nos mercados do sul e sudeste. Apesar de apresentar aromas e sabores diferentes do que estamos acostumados no Rio, as cervejas da Amazon agradam em cheio. O público feminino em especial, se encanta pelo perfume e pelo gostinho doce e azedo do bacuri. Outra curiosidade é o rótulo, criado pelo legendário Randy Mosher, o mesmo designer dos rótulos da Cervejaria Colorado.