terça-feira, 27 de março de 2012

Harmonização inusitada: sorvete de Schornstein Imperial Stout


Faz quase um ano que venho me especializando no segmento de harmonizações com cervejas especiais e tenho tido gratas surpresas.
Algumas combinações inusitadas, que antes eram aparentemente impensáveis para o nosso paladar, se revelaram incrivelmente deliciosas, contradizendo a crença equivocada de que cerveja só serve para acompanhar petisco e tira gosto.
A descoberta mais recente foi este saboroso sorvete artesanal, que leva a consagrada Schornstein Imperial Stout na receita, servido com uma espetacular cobertura de calda quente de chocolate amargo, igualmente preparada a partir da redução da mesma cerveja e chocolate Nugali 80% cacau.
Essa harmonização sensacional foi presente dos meus amigos Maurício Zipf, um dos sócios da Schornstein, e Getúlio, o simpático gerente do bar da cervejaria.
Tudo isso chega à mesa acompanhado de um generoso copo de degustação com a própria Schornstein Imperial Stout.
Faço questão de lembrar que esta celebradíssima cerveja é fruto da parceria da Schornstein com o cervejeiro caseiro Raphael Tonera, que resultou num casamento perfeito entre a experimentação típica dos homebrewers com a necessidade constante de inovação e renovação das micro cervejarias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário