quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Westmalle Dubbel com bolinho de feijoada

A gastronomia belga está mais próxima da brasileira do que nós ousamos imaginar. Obviamente não nos pratos e nas receitas, mas na intensidade de aromas e sabores, na generosidade das porções e nas combinações entre comida e cerveja. Uma harmonização que surpreende é a do bolinho de feijoada do Aconchego Carioca com a Westmalle Dubbel, cerveja trapista muito bem estruturada que casou à perfeição com o famoso petisco da Praça da Bandeira. A harmonização começa pelo corte da gordura das carnes e da fritura pelo álcool e o gás da cerveja. Continua na semelhança das notas tostadas presentes nas carnes e no feijão com o tostado caramelizado do estilo Dubbel. Prossegue pela semelhança dos aromas e sabores condimentados de ambos. E finaliza pelo contraste entre o sal das carnes com o dulçor complexo da cerveja, rico em notas que remetem a frutas secas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário