quinta-feira, 4 de julho de 2013

Três Lobos Bravo Imperial Porter e strudel de maçã

Surpresas agradáveis rendem sempre ótimas experiências. Harmonizar boas surpresas com cervejas de qualidade e gastronomia de primeira é o segredo para confeccionar momentos inesquecíveis. Foi o que aconteceu quando se juntaram à mesa a Três Lobos Bravo Imperial Porter e este strudel de maçã com sorvete de creme e calda quente de goiabada. A primeira surpresa vem do rótulo, que foge do tradicional,bonito e com ilustrações de Velho Oeste, além de um talho proposital na borda, como se tivesse sido arranhado por um animal. Depois, vem a informação de que a cerveja foi maturada em barril de madeira umburana. O teor alcoólico de 9% também surpreende. E o estilo Imperial Porter intriga a curiosidade de quem nunca ouviu falar nele. Por último, a surpresa vem do casamento fantástico dos dois perfis sensoriais. A harmonização se faz por corte da gordura do sorvete, da calda e do strudel. Por contraste entre o amargor da cerveja e o dulçor predominante da sobremesa. E por semelhança entre o tostado do malte e o tostado da massa folhada, a baunilha da cerveja com a do sorvete, e a acidez da goiaba e o caráter cítrico do lúpulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário